Advento – São Nicolau

São Nicolau x Papai Noel

Ao longo do mês de dezembro estamos nos preparando para a chegada de Jesus, mas neste processo outra figura toma forma e saboriza a imaginação de boa parte das crianças. Mas afinal, quem é Papai Noel?

Em um aspecto geográfico, “Papai Noel” tem suas raízes vinculadas em diferentes histórias e acontecimentos, mas apesar de sua composição histórica não ser revelada por completo, grande parte do que hoje conhecemos do ” bom velhinho” é inspirado em São Nicolau: um santo da igreja católica que teve uma caminhada religiosa baseada na caridade e entrega aos irmãos.

São Nicolau nasceu por volta de 250 em Patara, cidade no sudoeste da atual Turquia. Era integrante de uma família nobre e cristã, mas logo cedo mostrou inclinação ao desapego de bens materiais e dedicou-se de maneira fervorosa aos ensinamentos e vivências da igreja, contradizendo o comportamento dos jovens que tinham condições semelhantes.

Ainda muito novo tornou-se bispo de Mira, e durante seu episcopado protagonizou um dos espisódios mais conhecidos de sua bondade. De acordo com os relatos, ele ajudou uma família jogando três sacos de moedas de ouro pela chaminé da casa, impedindo que três irmãs tivessem suas vidas direcionadas a prostituição. A ideia de sacos com presentes pela chaminé soa familiar? Pois é, na época era comum o pai ter de ofertar o dote de suas filhas, mas o pai delas não tinha condição, então ele concedeu essa ajuda em forma de presente.

São Nicolau apesar de ser herdeiro de seus pais, não ficou com nada e concentrou o objetivo da sua fortuna em ajudar quem precisava. No período de perseguições ele ficou preso por quase duas décadas e, ainda assim, incentivava os prisioneiros a se manterem firmes e convictos. Mas apesar do seu comportamento caridoso, existem biografias que apontam para outras situações curiosas, por exemplo, a narrativa que diz que por motivos de heresia, São Nicolau atingiu Ário com um soco. Quem poderia julgá-lo, né?

O nosso Papai Noel ficou tão famoso que acabou por ser parte de muitas outras culturas. Assim, São Nicolau é considerado Padroeiro de muitas cidades; também dos marinheiros e de outros tantos contextos. Seu falecimento é datado em 6 de dezembro de 326, mesma data que hoje é comemorada sua existência.

Que sejamos defensores da caridade assim como São Nicolau foi. E que se for para ensinarmos e multiplicarmos tradições natalinas, que as nossas crianças não tenham mais dúvidas: Papai Noel existe. Mas não do jeito que todo mundo diz. Ele é Santo! E ama Jesus.